Livros

Ler, ler, ler, viver a vida que outros sonharam

Para uma Nova Interpretação de Platão

| 0 comentários


Para uma Nova Interpretação de Platão

Editora: Loyola
ISBN: 8515014904
Ano: 2004
Edição: 2
Número de páginas: 636
Acabamento:Capa Dura
Formato: Médio
Esta obra, verdadeiramente monumental, propõe-se um alvo grandioso e extremamente ambicioso: levar a cabo, mediante rigorosa análise textual dos Diálogos, e situando-se na perspectiva de uma hermenêutica fundamental do espírito grego, a demonstração definitiva da tese formulada, desde fins da década de 50, pela chamada “escola de Tübingen”
(cujos representantes principais são H.-J. Krämer e Konrad Gaiser), e segundo a qual é necessário pôr as chamadas “doutrinas não-escritas” (ágrapha dógmata) no centro da exegese filosófica da obra escrita de Platão para que, desses textos possa emergir em toda a sua grandeza a primeira e a mais audaz construção metafísica da filosofia ocidental. A tese dos mestres de Tübingen é apresentada por Reale como uma verdadeira “revolução científica” (no sentido de T.S.Kuhn) na historiografia filosófica do platonismo. E, se pensarmos na posição arquetipal de Platão na história da filosofia ocidental, é toda essa história que possa a ser lida sob nova luz. Com efeito, a tese de Krämer e Gaiser introduz um novo paradigma hermenêutico básico a ser aplicado à leitura dos Diálogos, e esse paradigma tende a tornar obsoleto o paradigma até agora vigente, aquele que sustentava a “ciência normal” do platonismo dominante nos últimos dois séculos.
Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • MySpace
  • PDF
  • Posterous
  • RSS
  • Technorati
  • Tumblr
  • Bitacoras.com
  • email
  • Google Buzz
  • LinkedIn
  • Orkut

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.